Como fazer um planejamento de marketing?

Muita gente quebra a cabeça na hora de planejar. Todo mundo sabe que isso é importante e que define o sucesso da sua empresa. Entretanto, boa parte das pessoas costuma empacar logo na largada. Fazer um planejamento de marketing parece algo muito complexo, não é?

A verdade é que documentar as suas estratégias em um documento chamado “planejamento de marketing” não é nenhum bicho de sete cabeças. Nós só precisamos organizar as ideias e colocar começo, meio e fim nas coisas que queremos fazer.

Tem que diga que “o marketing vive mudando” e que “é impossível planejar”. Uma coisa é fato: desculpas deste tipo é o que mantém muitas empresas nas cavernas. É possível, sim, planejar o marketing e é igualmente possível se preparar para o inesperado.

Um bom planejamento de marketing precisa obedecer os seguintes pontos:

  • Envolvimento dos stakeholders (pessoas relacionadas);
  • Divisão em períodos;
  • Descrição de ações;
  • Delegação de tarefas e responsabilidades;
  • Estabelecimento de metas;
  • Mensuração dos resultados;

Tudo isso é essencial para que a sua estratégia caminhe perfeitamente. Digo e repito, se você não documenta o seu planejamento, você está complicando a sua própria vida. Por isso, vamos entender um pouco melhor cada um dos pontos que falamos acima.

Envolvimento dos stakeholders (pessoas relacionadas)

Seria maravilhoso se tudo o que nós precisamos fazer dependesse apenas de nós mesmos. Só que a gente sabe que a vida não é assim. Por isso, precisamos listar e conversar com todas as pessoas que vão ser impactadas pelas nossas ações – desde outras áreas dentro da empresa até o cliente, por que não?

Divisão em períodos

Cada empresa tem diferentes ritmos de investimento, porém uma coisa é certa: os orçamentos são planejados anualmente. Por isso, é imprescindível que você consiga ao menos estimar o quanto vai precisar para as suas ações e o retorno que esse investimento poderá trazer.

Procure dividir suas ações em períodos menores. Uma estratégia que costuma ajudar muita gente é dividir o ano em trimestres ou bimestres. Assim é mais fácil alocar verbas e colocar prazos para atingir seus objetivos. Fazer isso também ajuda a calcular o tempo total para desenvolver um novo projeto ou então reparar aqueles que precisam de manutenção.

Descrição de ações

Quando você diz “interação em redes sociais” no seu planejamento de marketing, pode até ser que para você esteja tudo subentendido. Porém, isso não é o bastante. Imagine que você vai trabalhar junto com o pessoal de engenharia da sua empresa e eles enviaram o planejamento da área deles para você ficar por dentro do que vai ser feito.

O que você faria se recebesse uma descrição de quatro palavras? Pois é. Este é o problema. Os planejamentos que nós fazemos costumam circular pela empresa e boa parte das pessoas que vão ter contato com ele não têm a menor ideia do que você quer dizer com isso. Portanto, descreva como cada etapa do seu planejamento.

Delegação de tarefas e responsabilidades

Como eu disse, ninguém trabalha totalmente sozinho. Se você trabalha em uma agência, tem outras pessoas na empresa da quais você depende. Se você trabalha em uma empresa, precisa das outras áreas. Se é empreendedor, tem fornecedores que vão ajudar no seu crescimento.

Por isso, é importante (muito importante) que você determine muito bem quem fica responsável por qual tarefa e assim por diante. Não centralize tarefas, o seu desgaste será enorme e nem sempre sairá tudo com a qualidade que você pensou.

Estabelecimento de metas

Todo planejamento precisa ter metas e objetivos. Sem elas, estamos trabalhando sem rumo e acredite, nada é pior do que isso. Por isso, é importante ser coerente e realista na hora de determinar metas. É claro que ninguém quer metas fáceis demais, gostamos de coisas que nos desafiam.

Ainda assim, devemos tomar cuidado com exigências muito altas. Calcule suas metas com os pés no chão e com o consenso das demais equipes, afinal todos precisam trabalhar em conjuto para chegar lá no final.

Mensuração de resultados

Saber o andamento das suas ações também faz parte do planejamento. Determinar indicadores de sucesso (KPIs) tangíveis é o sucesso disso. Depois de determinar estes fatores, o importante é ficar de olho nas métricas. Isso você pode fazer no seu Google Analytics, CRM e redes sociais. No caso das redes sociais, eu costumo utilizar o Brandwatch, uma das ferramentas mais completas do mercado.

Para facilitar um pouquinho a sua vida, montei um modelo de cronograma que pode ajudar na hora de fazer o seu planejamento. Como ele está no Google Docs, recomendo que você salve uma cópia no seu computador 😉

Acesse http://bit.ly/planejamentomktMOT e comece a planejar agora mesmo! Depois me conte, nos comentários, como foi!

Luísa Barwinski

Fundadora da MOT Digital e professora. Desenvolveu estratégias online para clientes dos mais diversos setores nos últimos 10 anos. Mestre em marketing, com ênfase no comportamento do consumidor, busca compreender como as marcas podem melhorar o relacionamento com o seu público em meios digitais.

Você também pode se interessar por

Um comentário para “Como fazer um planejamento de marketing?”

Responder